Prevenir e tratar gripes e constipações naturalmente

20 Jan 2020 no comments daniela Categories Blog, Publicações

Esta altura do ano é muito propícia a gripes e constipações. Normalmente esta situação ocorre porque vimos de um ambiente muito expansivo, como o Verão, em que o calor se faz sentir e nos dirigimos para um ambiente mais frio, onde a contracção do nosso corpo é obrigatória. Chegamos a casa com vontade de aquecer, perdemos um pouco o apetite e a vontade de bebidas frias.

A contracção do nosso corpo leva-nos a uma adaptação, por vezes muito rápida, e a gripe ou a constipação fazem-se sentir. Os primeiros sintomas, e os mais comuns, são corrimento nasal de cor clara, língua com uma capa fina e esbranquiçada, e um ligeiro aumento da temperatura corporal, podendo mesmo apresentar-se como febre.

Como tratar gripes e constipações de uma forma natural?

A minha proposta é de numa primeira fase em vez de optarmos pelo consumo desenfreado de medicamentos para lidar com estes problemas que, na maioria das vezes, não são graves e que nos mostram simplesmente que a nossa imunidade não está tão boa como deveria estar, é a de adoptarmos algumas medidas naturais e remédios caseiros que permitam ao nosso corpo essa readaptação.

Numa perspectiva da alimentação consciente e natural, as constipações estão normalmente ligadas a perturbações do trato digestivo, especialmente do intestino e são uma forma de o organismo se adaptar a mudanças internas ou externas repentinas, como a mudança de estação.

Na medicina oriental a pele é o órgão que está relacionado com o pulmão, que faz par com o intestino grosso. Tendo isto em consideração ter cuidados com a pele é também de extrema importância, pois é através desta que eliminamos muitas toxinas ou que permitimos que o frio e/ou outros agentes climatéricos invadam o nosso organismo.

Na minha opinião existem formas simples de tratar estas questões, como:

Jejum:

Dar descanso ao sistema digestivo, comendo menos ou até mesmo fazendo jejum. Caso seja mesmo necessário ingerir algo, é importante que o façamos com alimentos fáceis de digerir, como é exemplo o arroz integral cozinhado até ficar cremoso. Este é um remédio excelente para gripes e constipações, nesta altura do ano, pois o arroz integral é um dos alimentos alinhados e recomendados para esta estação do ano.

Fazer um escalda pés:

Isto é mergulhar os pés em água bem quente, com uma mão cheia de sal, antes de dormir, durante 10 a 15 minutos e calçar umas meias bem quentinhas para que não arrefeçam. Este é um remédio que a minha avó usava e que se tem mostrado sempre eficaz.

Tomar remédios caseiros:

Tomar remédios caseiros como chá de nabo que ajuda o nosso fígado a limpar e a fazer melhor o seu trabalho de readaptar o corpo, chá de kuzu para ajudar o nosso trato digestivo a restabelecer e chá de gengibre para ativar a circulação, abrir os poros da pele e expelir o frio (nota: caso a febre esteja presente, na minha opinião, deve-se evitar o gengibre, pois a activação da circulação pode ser demasiada para o sistema circulatório já activo pela febre).

  • Chá de Nabo Ralado – Este é um chá que se tem revelado útil, não só nas alturas das gripes e constipações, mas também quando andamos em viagem e mudamos repentinamente de destinos quentes para destinos frios, ou vice-versa. Já nos foi muito útil no Camboja, onde se faziam sentir 40ºC à sombra e o nosso corpo precisava de se adaptar rapidamente, pois vínhamos dos Himalaias, onde apanhamos temperaturas muito baixas, a rondar os 0ºC. Para preparar o chá rale colheres de sopa de nabo ou rabanete e adicione 1 pitada de sal marinho. Coloque tudo numa chávena e adicione água a ferver. Mexa e beba o mais quente possível e descanse.
  • Chá de Kuzu – Este é um chá útil para reduzir inflamação, bem como para equilibrar o sistema nervoso (esteja ele fraco ou hiperativo) e que regula o aparelho digestivo, em particular o intestino. Para preparar o chá dissolva uma colher de chá de raiz de Kuzu numa chávena de água fria. Dissolva bem e leve ao lume. Mexa constantemente para evitar que se formem “grumos”, até que a mistura se torne mais espessa e que a cor altere de “calcária” para mais translúcido. Beber enquanto quente.
  • Chá de Gengibre – Este chá tem uma natureza quente e um sabor picante, e como foi dito anteriormente, tem a capacidade de aumentar a circulação, abrir os poros e “expelir” o frio. Se tiver febre não deve fazer esta preparação. O objectivo deste chá é promover a transpiração e assim eliminar o frio interno. De preferência deve ser feito antes de dormir e combinado com um escalda pés. Este chá é muito fácil de fazer, basta cortar uma rodela de gengibre fresco, com cerca de 0,5 cm e adicioná-la a uma chávena e meia de água fria. Levar ao lume e deixar ferver durante 15 minutos. Beber quente, adoçado ou não com uma colher de chá de geleia de arroz.

Estes são remédios simples que podem ajudar a ultrapassar estas pequenas questões de saúde. Mas, convém não esquecer que é sempre melhor prevenir do que remediar, logo adoptar um estilo de vida mais consciente e natural, em que a alimentação é biológica, maioritariamente de origem vegetal, local e sazonal, ajuda o nosso corpo a se adaptar melhor ao meio em que está inserido e reduz a tendência para este tipo de situações.

Atreve-te a ser diferente!

Vive consciente!

Deixe-nos o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *